Câmara terá que negociar corte de redução de PIS-Cofins sobre diesel no senado
24/05/2018 - 9h04 em Novidades

O presidente da Câmara Rodrigo Maia foi informado que  zerar o Pis-Cofins sobre o diesel até o final do ano não custará R$ 3.5 bilhões, mas sim, cerca de R$ 14 bilhões,  como havia sido anunciado pelo governo.

Com este erro de cálculo, os deputados terão que negociar com o senado a redução do Pis-Cofins, sobre o diesel, que na prática a diminuição do preço do diesel não será tão alta quanto se imaginava.

 

O impacto  da renúncia do Pis-Cofins sobre o diesel, para o governo  é importante  pelo fato de estar vinculado a receita R$ 3 bilhões que será trazida  pela reoneração da folha de pagamento de diversos setores apenas 28  continuarão com o beneficío até 2020.

 

Fonte: G1.globo

 

COMENTÁRIOS